O futuro...

5 de setembro de 2013

Sempre fui uma pessoa muito inserta no que diz respeito ao meu futuro, ao caminho a seguir. Quando era criança lembro-me de dizer que queria ser médica, lembro-me de dizer que queria ser cabeleireira, enfim, queria ser tudo. É normal as crianças passarem por essa fase, contúdo existem algumas pessoas que se vê que têm o talento para artes ou o sangue frio para medicina, o geito para a matemática, mas comigo isso nunca aconteceu, nunca senti que tinha um talento concreto para algo! Quando cheguei ao 10º ano optei por ir para a área de Ciências, tinha ideias em tirar fisioterapia e apesar disso foi um pouco por exclusão de partes, o geito para artes era zero, para linguas e história era ainda menos do que zero e para a parte da economia nunca pensei muito no assunto também, pelo que o mais certo parecia-me ciências. A verdade é que não me correu da melhor maneira, fiz o 10º a brincar, depois no 11º comecei a bater com a cabeça e a ver que se calhar tinha de me começar a aplicar, contúdo acho que me apercebi disso um pouco tarde e acabei por chumbar a fisica e quimica. Depois de muito pensar optei por não ir para o 12º e ficar um ano a fazer a quimica e aproveitar para melhorar matemática, foi uma decisão dificil porque ia ver toda a gente a andar para a frente  e eu a ficar para trás, mas consegui ir com essa decisão para a frente e para além de fazer a disciplina subir bastante a matemática. Hoje sei que não poderia ter tomado uma decisão mais correcta, não me arrependo nada de o ter feito, fui mais descançada para o  12º e assim já correu tudo bem, custou aquele ano ter ficado para trás, mas agora sinto que valeu a pena e que acabou por não ser um ano perdido como muitas vezes se pensa. Mas voltando ao assunto da profissão, os meus pensamentos sempre giraram a volta da área de saúde, mas fui percebedo que esta área não era para mim, andei às pancadas com a quimica, a biologia também não me despertava muito interesse, conclusão, dia nove saem os resultados e estou a trocer para entrar na minha primeira opção, gestão. Decidi isto pouco antes de concorrer, mas, apesar disso, estou confiante da minha escolha, nunca me tinha passado pela cabeça tirar esse curso, mas agora que penso, faz todo o sentido. Andei as voltas na área errada, mas também não me arrependo de a ter escolhido, sei que aprendi muito por ter seguido aquela área, aprendi muito de quimica, de biologia e, apesar disso, aprendi que nunca se deve querer dar um passo maior do que a perna, como se costuma dizer. Vamos lá ver como correm as colocações, para toda a gente que está na mesma situação que eu desejo muito boa sorte, não ade ser nada!

6 comentários:

  1. boa sorte! espero que consigas entrar* identifico-me bastante na parte de não saber o que quero :/

    ResponderEliminar
  2. Ui eu foi quase igual a ti ! Exceto a parte de ficar um ano, nunca reprovei a nenhuma disciplina, mas também nunca fui uma excelente aluna sem ser no 12 ano que é quando dizemos, "epá não tenho média para nada na área da saúde" e toca a trabalhar ! Mas um ano em três não é muito pouco, e a minha média de final de secundário foi um miserável 14.2 !
    Pronto, chegou a hora de me inscrever para a universidade, e depois de tanto ponderar em vários cursos acabei por me decidir por ciências alimentares, ou seja, nada a ver com a área da saúde. Quase como tu xb

    ResponderEliminar
  3. Espero que sejas colocada na tua primeira opção!

    ResponderEliminar
  4. Deixa lá que não és a única, comigo aconteceu quase o mesmo, nunca tive uma ideia concreta daquilo que queria fazer no futuro. No final acabei por colocar economia em 1ª opção, mas não sei se entro, vamos ver...

    ResponderEliminar
  5. Boa sorte querida! Estou exatamente na mesma situação que tu, sei bem o nervosinho dos últimos dias!

    ResponderEliminar
  6. Também andei às voltas com a área errada e cheguei a perder anos por causa disso. Mas mais tarde ou mais cedo encontramos o nosso caminho. Boa sorte com a entrada na faculdade :)

    Beijinho
    http://dcidadedopecado.blogspot.pt/

    ResponderEliminar