Uma questão de simpatia.

21 de julho de 2014

Com o passar do tempo cada vez tenho chegado mais a uma conclusão: No geral quanto mais "alto" as pessoas estão a nível de estudos, a nível de sucesso profissional ou até a nível de hierarquia, mas simpáticas, humildes e preocupadas são. É claro que há excepções, mas ao fazer um balanço e ao analisar vários casos chego mesmo a esta conclusão.
Por exemplo, no sítio onde eu trabalho (num parque de campismo) há de tudo: pessoas que têm uma aparência extremamente cuidada e que têm mesmo ar de serem pessoas importantes (e algumas não é só ar, conseguimos saber a profissão das pessoas pelos registos) são as pessoas mais simpáticas, mais preocupadas e até mais interessadas, que se dão à preocupação de perguntar pelos estudos, etc. Depois existem aquelas pessoas com um ar saloio e com uma mania de importância e de riqueza que conseguem ser tão antipáticos que até dá dó. Basicamente vêm para o campismo armarem-se em ricos.
Outra comparação que também já fiz e onde verifico isso é ao comparar os professores que tinha no secundário e até no ciclo (que tinham mestrado ou apenas licenciatura) e tinham uma mania que nem se podia, era preciso ter um enorme respeito pelos Srs. Drs. que nem Doutores eram, e depois existem os da universidade, esses sim são doutores muitos deles, e são pessoas extremamente prestáveis e simpáticas. É irónico não é?
Ainda tenho mais outro exemplo (exemplo este em que é mesmo muito visível esta teoria que defendo). Houve aí uma altura em que fiz bastantes passatempos aqui no blogue e para isso entrei em contacto com algumas lojinhas de Facebook e posso-vos dizer com toda a sinceridade: Lojas com boas médias de likes aceitaram, outras não aceitaram mas deram-se ao trabalho de me dizer que não estavam interessadas ou que não podiam (aceito um não perfeitamente e dou todo o valor ao facto de me saberem dizer isso) outras lojas com meia dúzia de gostos nem ao trabalho de responder se deram. Mas acho que isso também descreve o porquê de as que responderam terem tantos gostos e as outras não, acho que uma pessoa dar uma palavrinha fica sempre bem, nem que seja um agradecimento por nos termos lembrado delas. É muito irónico tudo isto, mas cada vez chego mais à conclusão que é verdade.

9 comentários:

  1. Devia acontecer exatamente o contrário... não entendo o porquê, parece que as pessoas vivem das aparências e querem ser algo que não são, é tão feio!

    ResponderEliminar
  2. Por acaso já tinha reparado nisso :D

    ResponderEliminar
  3. Adorei ler isto! É tudo tão, tão verdade!
    r: sim, a Kiara ficou toda babada *.* xb

    ResponderEliminar
  4. Isso é muito assim em todo lado, apesar de também haver excepções, como em tudo na vida!

    ResponderEliminar
  5. Tu és doutor só por ter o curso e Doutor com o doutoramente... xD Uma trabalhada de titulos xD Mas eu nunca me cruzei com esse tipo de professores onde noto isso é nas lojas... detesto em lojas melhorzinhas julgarem-nos por a roupa que levamos -.- Essa mania das grandezes irrita-me tanto. Vim dos colegios de Lisboa conheci familias de diplomatas onde fui altamente bem tratada mas era enxovalhada por pessoal das revistas e por pessoal que andava de porshe mas que comia ovos durante a semana e tinha mensalidades em atraso só mania mesmo. O maior erro da minha vida ir para esse colégio. Assim que me meti na publica é que a coisa melhorou.

    ResponderEliminar
  6. Tenho uma experiência um bocado ao contrário em relação aos professores, mas de facto nunca tinha pensado nisso e tens razão. Muitas vezes as pessoas mais abastadas acabam por ser as mais humildes!

    http://catarinaandcomp.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Percebo-te perfeitamente .
    Já me aconteceu nos pedidos de parcerias, em que muitas diziam mesmo que não enviavam produtos à borla -.- mesmo quando lhes dizia que podia ser para sortear ou mesmo para eu fazer publicidade à loja. Enfim, tem gente com a mania das grandezas é o que é .

    ResponderEliminar
  8. Ahah.. É verdade.. Há pessoas que se fazem muito e são antipáticas mas se for preciso têm piores trabalhos e não têm estudos enfim.. Também já me aconteceu umas coisinhas parecidas .. :) beijo**

    ResponderEliminar