Celulite, essa filha da... mãe

17 de julho de 2016

Celulite: essa filha da mãe que para além de me dar cabo das pernas também me dá cabo dos nervos. Sim, por mais que muitas pessoas me dignam "pff, não sejas tola, não tens celulite" só por eu ter 45 kg fiquem a saber que (infelizmente) estão enganadas. Sou a chamada falsa magra, é assim a vidinha.
Se houve altura que me preocupava imenso com isso a verdade é que já não me preocupo tanto. Nunca ouviram dizer que o presunto melhor é o que tem um bocadinho de gordura? Cá está. O meu presunto está no ponto! 
A vida é demasiado curta (a típica frase que tem tanto de vulgar como de verdadeira) para andarmos obcecadas e preocupadas com certas coisas e acho que este é um assunto ao qual devemos dar menos importância. As mulheres no geral têm a mania de tentar ser demasiado perfeitas. De verem coisas onde elas não existem. Eu própria sou assim. Às vezes só por ter um pelo mais preto num sítio qualquer acho que toda a gente vai reparar naquilo, como se alguém andasse aí a reparar nessas coisas ou como se não fosse uma coisa normal. Pode parecer um bocado doentio, mas sei que não sou a única pessoa assim. Isso da celulite é igual. Às vezes ficamos demasiado preocupadas porque vão reparar na nossa celulite. CALMA! Quem é que não tem celulite? A percentagem de mulheres que tem deve ser cerca de 90%. Vamos lá tentar suavizar e relaxar. Querem ajuda? Então cá vai: Até alguns dos anjos da Vitoria Secret têm celulite. Não é que isso me interesse muito, mas a verdade é que muitas pessoas as têm como definição de "beleza máxima" e não é por terem celulite que isso vai ser diferente. Para alem disso devem ter uma alimentação super cuidada e fazer exercício regularmente... Não vamos stressar, está bem? Vamos encarar a celulite (e qualquer outro "problema" no nosso corpo) com atitude! Não há nada como uma mulher com atitude. O resto é conversa. 
Com todas estas coisas que escrevi para aqui só quero dizer que temos de tentar viver com a celulite da melhor maneira possível e não dar demasiada importância a isso, até porque não resolve nada, só piora. Ainda assim devemos continuar a tentar manter um estilo de vida saudável porque isso é o mais importante: para a celulite, para a saúde e para tudo. 
Para terminar este post deixo-vos aqui algumas sugestões para ajudar a minimizar e a prevenir a celulite:
(cliquem nestas duas bolinhas para ver todos os produtos e para mais informações é só clicarem em cima deles)
Ando a testar um creme novo, que estou a gostar bastante, e em breve trago-vos a review. Tenho imensos produtos para vos mostrar (muitas maquilhagens), mas tem sido difícil escrever aqui com muita regularidade por causa dos exames. Quarta feira entro de férias e depois venho partilhar tudinho com vocês. Aguardem-meeee!!

3 comentários:

  1. Adorei!! :) Excelente post

    http://10metrosdouniverso.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Já eu tenho uns quilinhos a mais mas não me queixo muito (ainda) da celulite! Claramente devia apostar na prevenção, mas sou tão preguiçosa!

    ResponderEliminar
  3. Eu uso raramente o da Garnier mas é mais "just in case" porque toda a mulher desde que tem o período sofre com isso e não tem nada a ver com ser gorda ou magra... a sacana entranha-se sempre xD
    Felizmente não tenho celulite visível e quero manter-me assim por muitos e bons anos. Já de estrias o caso é outro... o meu bumbum já teve melhores dias mas pronto... que se pode fazer?! xD é bom à mesma!!

    ResponderEliminar