Fomos ao Bacalhôa Buddha Eden e gostamos!

12 de agosto de 2016

Ir ao Bacalhôa Buddha Eden era algo que já estava nos nossos planos há imenso tempo. Na terça feira, quando viemos de Porto Covo, aproveitamos para parar lá e eliminar de uma vez o Budda Eden da nossa lista de desejos. Foi decidido no dia e por isso não fizemos o trabalho de casa (como o meu namorado diz) ou seja, não fomos ver exactamente onde ficava e qual o percurso que tínhamos de fazer depois de sair da autoestrada. Metemos a morada no GPS e lá fomos nós, na maior das confianças. Saímos da A8 e seguimos o GPS, passados 10km percebemos que aquilo não devia estar bem, já andávamos lá no meio de umas aldeias. O meu namorado já só ralhava e estava todo enervado eu só me ria, claro. O costume. Pedimos indicações a umas pessoas e depois lá demos com aquilo. O GPS só nos fez andar às voltas uns 20KM com um calor desgraçado, mas pronto, tranquilooooo.

Para quem não sabe o Buddha Eden é um jardim oriental - o maior da Europa - que inicialmente foi criado pelo Comendador José Berardo em resposta à destruição dos budas afegãos de Bamiyan, onde teve lugar um dos maiores atentados culturais! No jardim podemos encontrar várias esculturas como budas, pagodes, guerreiros e também lagos, flora e fauna. Sem dúvida que é um espaço lindíssimo e que transmite imensa paz e tranquilidade. Deixo-vos algumas fotografias que tiramos por lá. 


6 comentários:

  1. Já lá fui há uns aninhos e é realmente um sítio que vale muito a pena!

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Moro no concelho do Bombarral e nunca fui ao Buddha Eden. Tenho de ir lá em breve!
    Adorei as fotografias.
    Beijinhos,

    ResponderEliminar
  3. Espetáculo. gostei muito das fotos e parece-me um sitio fantástico

    ResponderEliminar
  4. Adorava visitar! Boas fotos!! :)

    http://batomebotasdatropa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Estou há tanto tempo para ir a esse jardim e vou sempre adiando! Fotos muito bonitas!

    http://finddyourway.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Também quero lá ir à imenso tempo !

    ResponderEliminar