Ainda não fiz as minhas habituais reflexões sobre o semestre por isso aqui vai

4 de novembro de 2016

Estou no quarto ano da licenciatura e não, a minha licenciatura não é de quatro anos (é de três) e também não estou a tirar com mestrado integrado. Estou no quarto ano porque deixei cadeiras em atraso e não tenho qualquer problema em dizê-lo até porque não estou sozinha (bem pelo contrário). Isto podia ser sinónimo da minha burrice, mas também acho que não é esse o caso. O que acontece é que no inicio andei desorientada por completo... Não sabia se era bem isto o que eu queria, pensei em desistir e em trocar de curso, mas também não sabia bem para qual trocar. Foi uma fase muito complicada e acabei por fazer poucas cadeiras apesar de as que fiz ter feito com notas razoavelmente boas. O mais fácil na altura era mesmo desistir, mas não o fiz e estou muito contente por não o ter feito. Agora já percebi que me identifico totalmente com este curso apesar de ser muito abrangente e por isso ter algumas cadeiras das quais não gosto tanto. O meu objetivo agora é acabar a licenciatura com a melhor média que conseguir para poder ir tirar mestrado numa área mais específica. Não há que entrar em stress por isto... É claro que os custos que isto tem são um peso bem forte na minha consciência, mas não vale a pena chorar sobre o leite derramado, certo? 
Ainda não tinha escrito sobre isto aqui porque, como disse, andei mesmo desorientada e só agora é que me senti totalmente preparada para falar sobre o assunto. Não tenho qualquer problema com isto. Não queria tirar uma licenciatura só por tirar e se houve uma altura em que pensei que era isso que estava a acontecer agora já não é o que acontece e fico muito feliz por isso. Acho que há uma altura em que as coisas começam a fazer sentido e espero mesmo que seja isso que está a acontecer.

Habitualmente, no regresso às aulas, faço sempre uma reflexão sobre o semestre e desta vez isso ainda não tinha acontecido. O semestre já vai a meio, mas cá vão as reflexões:
1. Nunca tinha chegado (quase) a meio de um semestre com tão poucas faltas dadas. É um orgulho, um orgulho.
2. Acho que o ponto 1 só aconteceu porque agora existe uma regra em que as pessoas que não forem a 75% das aulas não podem ir à época de avaliação periódica, só a exame. Mas isto é só um pormenor. Até porque nas cadeiras em que estamos matriculados pela segunda vez (e eu tenho algumas) isso não conta e eu tenho ido na mesma às aulas. Acho que estou a ficar muito adulta.
3. Tenho um professor que se acha muito inovador, mas tem um telemóvel a preto e branco.
4. O professor do ponto 3 não nos dá os slides e diz que não os podemos copiar, mas quando acaba de falar dá-nos tempo para copiar e no fim reclama. Ainda dizem que as mulheres é que são complicadas.
5. A vantagem de repetir uma cadeira é ter o professor mais charmoso do curso pela segunda vez. Estou a ponderar não fazer a cadeiras outra vez, o que acham?
6. Já fiz uma frequência e, até hoje, foi a que me correu melhor na universidade. Vamos lá ver se não me engano.
7. Já sei calcular o IRS à mão. Parece que o IRS vai ser automático, mas isso não interessa para nada. Eu sei fazer as continhas à mão e isso é muito mais interessante.
8. Continuo a comer que nem uma lontra no bar.
9. O restaurante da universidade continua a ter batatas fritas todos os dias.
10. Tenho três trabalhos para fazer: Contabilidade de Gestão e Controlo Orçamental, Finanças Empresariais e Software Integrado de Gestão.
11. Este mês tenho para ai umas 5 frequências para fazer.
12. Acho que ainda só tirei dois chocolates da máquina o semestre todo quando nos anteriores tirava, em média, uns três chocolates por semana.
13. Escolhi uma cadeira opcional que nenhuma das minhas colegas escolheu porque achava que ia ser muito interessante e tem tanto de interessante como de difícil, mas ao menos não tem trabalho de grupo como a outra.
14. Este semestre tem tudo para ser um sucesso, mas vou hibernar um bocadinho durante este mês por causa das frequências e trabalhos, mas vou continuar por aqui ainda que mais calminha. De qualquer maneira já tenho umas coisas giras programadas para o inicio de dezembro, a pensar no Natal. Acho que vocês vão gostar!!
15. É preciso é força. 
Good weekend!! :) 

6 comentários:

  1. Deixa lá também estou a fazer cadeiras que deixei para trás e não me sinto mais burra por isso :)
    Boa sorte *

    ResponderEliminar
  2. Adorei a tua descrição do teu semestre! Também costumo tirar muitos chocolates da máquina ahah

    Beijinhos,
    http://diaryofawatergirl.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. O que importa é acabar! :) Vamos todos para o desemprego, quer acabemos a licenciatura em 3, 4 ou 10 anos! :) ahahah (versão pessimista de quem tem mestrado e não arranjou nada ainda). Mas fora brincadeiras, o que importa é ficar tudo feito (e bem feito) do que o tempo que se demora a acabar. Isso não é sinónimo de nada negativo.

    ResponderEliminar
  4. Adorei ver a tua reflexão escolar!
    Tenho a certeza que vais conseguir acabar todas as cadeiras!
    Bom fim-de-semana!

    O Planeta da Inês | Favoritos de outubro de 2016

    ResponderEliminar